Starbucks fechará lojas por um dia para curso contra racismo

76234035_Police officers monitor activity outside as protestors demonstrate inside a Center City Sta.jpg RIO- A rede Starbucks anunciou nesta terça-feira que fechará suas mais de 8 mil lojas nos Estados Unidos na tarde de 29 de maio para realizar uma formação contra o racismo, após a prisão de dois homens negros em um de seus estabelecimentos.

– Passei os últimos dias na Filadélfia com minha equipe de liderança escutando a comunidade, aprendendo sobre o que fizemos de mal e os passos que temos que dar para solucioná-lo – declarou o presidente da empresa, Kevin Johnson, após uma onda de indignação pelo incidente ocorrido na Filadélfia na semana passada. – Embora não se limite à Starbucks, estamos comprometidos em sermos parte da solução.

A formação envolverá cerca de 175 mil funcionários em todo o país, detalhou a Starbucks em seu site.

Na semana passada, dois homens negros foram presos em uma loja da Starbucks apenas por estar esperando uma terceira pessoa para uma reunião. Eles se sentaram a uma mesa e nada pediram enquanto aguardavam. O comportamento foi considerado suspeito pelos funcionários, que os acusaram de invadir a loja e ligaram para a polícia.

Além desse caso, que despertou uma onda de protestos contra a rede, outro incidente aconteceu em uma loja de Los Angeles. Um homem negro pediu a senha para utilizar o banheiro antes de efetuar uma compra no café, e teve o acesso negado pela atendente. No entanto, viu que um homem branco saía do banheiro e perguntou se ele havia consumido antes de pegar a senha, diante da negativa, o cliente questionou a funcionária se teria sido barrado por conta de sua cor. A situação foi filmada por ele e publicada na internet.

No curso de conscientização promovido pela empresa, os funcionários serão treinados para enfrentar preconceitos, promover a inclusão e prevenir a discriminação. Segundo a empres, a intenção é que os atendentes “assegurem que todos dentro de um café da Starbucks se sintam seguros e bem-vindos”.


Leia a notícia completa em O Globo Starbucks fechará lojas por um dia para curso contra racismo

O que você pensa sobre isso?