Realização de Mundial em Fernando de Noronha é contestada pela Federal Pernambucana de Surfe

O Governo do Estado e empresário confirmam o evento em 2019 A volta do Campeonato Mundial está programada para fevereiro de 2019
Ana Clara Marinho/TV Globo
A volta pelo Campeonato Mundial de Surfe para Fernando de Noronha em 2019 foi confirmada pelo Governo do Estado na sexta-feira (3). O lançamento do evento está marcado para o próximo dia 11 na ilha, com a presença do administrador do Distrito, Guilherme Rocha, o deputado federal e ex-secretário de Turismo, Felipe Carreras, e o empresário Alfio Lagnado, dono da marca responsável pelo Hang Loose Pro Contest. O anúncio foi contentado pela Federação Pernambucana de Surfe, que enviou nota a seguir.
“Sobre a realização de um mundial de surfe no arquipélago de Fernando de Noronha a ser realizado no ano de 2019, a Federação Pernambucana de Surfe esclarece que desconhece a informação. 
A entidade, que é a única que promove eventos do esporte no Estado e que vem trabalhando anualmente para manter o surfe de pé em Pernambuco, procurou na última quinta-feira (02.08) a Secretaria de Turismo do Estado de Pernambuco. No encontro o secretário Márcio Stefani, titular da pasta, informou que não se encontra na previsão do referido órgão a realização do evento Hang Loose para o ano de 2019.
Na certeza de que o surfe terá sempre espaço no calendário esportivo do Estado, a Federação Pernambucana de Surfs almeja cada vez mais eventos no nosso litoral e apoio para eventos que incentivem a sua prática. 
Aproveitamos para nos colocar à disposição do Governo de Pernambuco e de empresas privadas no bem-vindo apoio para a realização de eventos de surf no nosso paradisíaco litoral. Boa sorte e boas ondas sempre!”, finaliza o diretor Executivo da Federação Pernambucana de Surfe, Geraldo Cavalcanti.
Em janeiro de 2016, Cavalcanti esteve na ilha comandando uma campanha para Noronha voltar a ter o Campeonato Mundial da divisão de acesso à elite do surfe. Na época participou de encontro com o ex-secretário de Turismo, Felipe Carreras.
Geraldo Cavalcanti e Felipe Carreras na ilha em 2016
Ana Clara Marinho/TV Globo
O campeonato acabou não sendo realizado em 2017 nem em 2018, como sonhado. Agora foi anunciada a volta da campetição, apesar da contestação da Federação Pernambucana. O empresário Alfio Lagnado confirmou que estará na ilha para o anúncio oficial do evento.
“Estarei em Fernando de Noronha para o lançamento do campeonato, a Hang Loose tem intenção de fazer, está recebendo o apoio, esses apoios têm que ser concretizados e se estiver tudo certo vai acontecer. A Hang Loose tem todo interesse em fazer o campeonato em Noronha e está recebendo o apoio dos órgãos, da Administração da Ilha e está alinhado para ser feito”, finalizou Alfio Lagnado.
Leia a notícia completa em G1 Realização de Mundial em Fernando de Noronha é contestada pela Federal Pernambucana de Surfe

O que você pensa sobre isso?