'Quero minha filha, não feche o caixão', diz mãe de jovem morta na Ilha durante sepultamento

76808815.jpgRIO – O corpo da jovem Soraia Macedo de Lemos, de 17 anos, foi sepultado nesta quinta-feira sob uma salva de palmas de amigos e familiares no Cemitério da Cacuia, na Ilha do Governador. Pouco antes do sepultamento, a mãe da estudante, Cristiane Barbosa Macedo, de 38 anos, passou mal e precisou ser amparada por amigos. Jovem morta na ilha

— Eu quero minha filha. Está doendo, não feche o caixão — disse Cristiane antes do enterro.

mãe.jpgA namorada da estudante, Nicolli Cespe da Silva, de 21 anos, também esteve no enterro e teve uma crise de choro um pouco antes do sepultamento.

Parentes e amigos de Soraia vestiam camisas com a foto da jovem. Uma amiga da escola lembrou de um apelido que a estudante tinha e contou características da jovem, que cursava o terceiro ano no Colégio Estadual Professora Maria de Lurdes de Oliveira Lavor.

— Ela era gente boa, estudiosa, muito meiga e doce. Chorava a toa, tanto que o apelido dela era chorinho. O que aconteceu deixou todo mundo na escola abalado. Já é a terceira vez que há assalto nesse local — contou a adolescente de 15 anos.76808775.jpg

Soraia tinha planos de seguir a carreira de militar para ajudar a mãe. No final do sepultamento, amigos e familiares realizaram uma manifestação carregando cartazes e pedindo justiça.76808879.jpg


Leia a notícia completa em O Globo ‘Quero minha filha, não feche o caixão’, diz mãe de jovem morta na Ilha durante sepultamento

O que você pensa sobre isso?