Pai que entregou filhas à polícia após ver vídeo delas furtando bebidas afirmou ter ficado 'envergonhado', diz delegado

Homem ainda pagou pelos produtos furtados na região sul da Bahia. Irmãs vão responder por furto qualificado. Irmãs foram flagradas furtando garrafas de vodca em mercado na Bahia.
O homem que entregou as duas filhas à polícia depois de ver um vídeo e que elas aparecem furtando bebidas em um supermercado de Eunápolis, sul da Bahia, disse ter ficado “envergonhado” com a situação, segundo informou ao G1, nesta quinta-feira (14), o delegado José Hermano Costa, que apura o caso.
O homem, que é professor de educação física e servidor público municipal da prefeitura de Porto Seguro, ainda pagou o valor dos produtos furtados pelas filhas, um total de R$ 600, conforme informou a polícia.
“Ele é uma pessoa de bem. Disse ter ficado decepcionado com a situação e envergonhado depois de ver as duas no vídeo roubando. Por isso, ele afirmou que resolveu trazer as duas para a delegacia, para que pudessem se entregar, e ainda pediu desculpas. Depois, pediu que a gente entrasse em contato com o dono do supermercado para que ele pudesse pagar pelo que tinha sido subtraído”, disse o delegado.
Irmãs roubam garrafas de vodca em mercado e pai leva filhas para delegacia após polícia divulgar imagens
Reprodução/TV Bahia
As irmãs Nilsilane de Jesus Farias, de 27 anos, e Nilciléia de Jesus Farias, de 24, furtaram, ao todo, três garrafas de vodca, e o pai delas ficou sabendo do crime depois que a polícia divulgou o vídeo, gravado por uma câmera do circuito interno de segurança do supermercado.
Nas imagens das câmeras de segurança, é possível ver que elas se aproximam da vitrine onde ficam as bebidas, e escolhem quais garrafas vão levar. Enquanto uma pega os produtos, a outra coloca dentro de uma bolsa. Quando uma funcionária do estabelecimento se aproxima, elas param de pegar os produtos. Depois da ação, as duas saem tranquilamente do supermercado.
O caso aconteceu no último sábado (9), mas as mulheres só foram apresentadas à polícia na terça-feira (12). Como o prazo do flagrante, que é de 24h, já tinha expirado, elas foram ouvidas na delegacia e depois liberadas para responder pelo crime em liberdade.
“Elas vão responder por furto qualificado. Em breve estarei enviando o processo à Justiça”, disse o delegado, que não deu um prazo para a conclusão da investigação. A polícia apura se as mulheres têm envolvimento com outros furtos na região.
Irmãs roubam garrafas de vodca em mercado e pai leva filhas para delegacia após polícia divulgar imagens
Reprodução/TV Bahia
Leia a notícia completa em G1 Pai que entregou filhas à polícia após ver vídeo delas furtando bebidas afirmou ter ficado ‘envergonhado’, diz delegado

O que você pensa sobre isso?