Jefferson e Cristiane Brasil são investigados por fraude de registro sindical

RIO — O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, e sua filha, a deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ), orientaram uma ONG que prestava serviços à Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) a fraudar os requisitos necessários para conseguir o registro sindical no Ministério do Trabalho. A afirmação é do presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Estado do Rio (Sindaperj), Wilson Antônio Camilo Ribeiro, que denunciou o caso em 2016/2017 ao Ministério Público Federal (MPF) e ao próprio Ministério do Trabalho. (LEIA A ÍNTEGRA DA REPORTAGEM EXCLUSIVA PARA ASSINANTES)A denúncia serviu de base para a Polícia Federal deflagrar a operação Registro Espúrio, na qual Jefferson e Cristina são investigados por pagamento de propina na concessão de registros sindicais. O caso corre em sigilo na Procuradoria Geral da República, em Brasília.LEIA: Fachin autoriza Cristiane Brasil a ir à festa de aniversário do paiLEIA: O aparelhamento do Ministério do Trabalho
Leia a notícia completa em O Globo Jefferson e Cristiane Brasil são investigados por fraude de registro sindical

O que você pensa sobre isso?