Grupo preso por fraude do 'Minha Casa, Minha Vida' na BA cobrava até R$ 3 mil por inscrição no programa social



Servidora da prefeitura de Camaçari e outras 4 pessoas foram presas pela fraude e por provocar incêndios em secretaria, com a finalidade de destruir provas do crime que estavam no imóvel.
Leia a notícia completa em G1 Grupo preso por fraude do ‘Minha Casa, Minha Vida’ na BA cobrava até R$ 3 mil por inscrição no programa social

O que você pensa sobre isso?