Enel eleva oferta para compra da Eletropaulo

SÃO PAULO — Em mais um desdobramento da intensa disputa pela aquisição da
maior distribuidora de energia do Brasil em faturamento, a Eletropaulo, a
italiana Enel fez nova proposta pela elétrica. Agora, a Enel, que foi a empresa
que abriu essa disputa, ofereceu a aquisição de 100% das ações da Eletropaulo
por R$ 28 por papel.

Em fato relevante divulgado ao mercado no início da tarde desta terça-feira, a Eletropaulo disse que “esta ́avaliando os termos e impactos da OPA em conjunto com seus assessores, e o seu
Conselho de Administração” e afirmou que “divulgara ́ao mercado, em até 15 dias desta data, parecer prévio fundamentado
sobre a OPA”.

A proposta da Enel, que pode somar cerca de R$ 4,7 bilhões, vem no
mesmo dia em que a Eletropaulo comunicou um acordo de investimento com a
Neoenergia, do grupo espanhol Iberdrola, que havia se comprometido a apresentar
uma oferta pública de compra da empresa por R$ 25,51 reais.

A concorrência pela compra da distribuidora, responsável pelo fornecimento na
região metropolitana de São Paulo, começou no fim de março, quando a própria
Enel apresentou uma proposta à Eletropaulo para participar de uma oferta pública
de ações em preparação pela empresa. Os valores da oferta não foram divulgados
na época.

Pouco depois, em 5 de abril, o grupo brasileiro Energisa divulgou uma oferta
pública de aquisição do controle da companhia por R$ 19,38 por ação.

A Eletropaulo vinha comunicando que a norte-americana AES poderia vender sua
fatia na empresa, onde é a principal acionista junto ao braço de participações
do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDESPar).


Leia a notícia completa em O Globo Enel eleva oferta para compra da Eletropaulo

O que você pensa sobre isso?