Economia da Venezuela vai despencar 15% este ano, prevê FMI

74119026_People wait in a queue to buy food on a sidewalk outside a supermarket in Caracas Venezuela.jpgRIO – No seu relatório com projeções do desempenho econômico para diferentes países, o Fundo Monetário Internacional (FMI) destacou a magnitude da crise econômica e humanitária na Venezuela, “cada vez maior desde 2014” devido ao colapso da produção e exportação de petróleo. Diante desse cenário, a instituição ampliou ainda mais a retração do PIB venezuelano, apontando queda de 15% em 2018.

No ano seguinte, o recuo será menor mas ainda assim grande: 6%. No documento “Panorama Econômico Mundial”, publicado em outubro e no qual o Fundo também fazia projeções para o desempenho das economias, a estimativa era que o PIB venezuelano encolhesse 9% e 4% em 2018 e 2019, respectivamente.

O FMI também chamou atenção para a inflação galopante, que atingiu 1.087,5% em 2017. Nas estimativas do Fundo, o índice chegará a 13.864,6% em 2018, recuando um pouco em 2019, para 12.874,6%. As projeções para o mercado de trabalho também não são nada animadoras: espera-se que a taxa de desemprego passe de 27,1% em 2017 para 33,3% em 2018, podendo chegar a 37,4% em 2019.

A Venezuela “uma deterioração mais rápida do que a esperada” da sua produção de petróleo, que era de 2,38 milhões de barris diários (mbd) de petróleo em 2016, segundo o relatório do FMI. O volume registrado em dezembro foi de 1,62 milhão de barris por dia, e muitos esperam que a produção diminua a cerca de 1 milhão de barris por dia em 2018, apontou o FMI no relatório.

Em janeiro, o FMI informou que, se as previsões forem confirmadas, a economia da Venezuela experimentaria um recuou de quase 50% nos últimos seis anos.


Leia a notícia completa em O Globo Economia da Venezuela vai despencar 15% este ano, prevê FMI

O que você pensa sobre isso?