Dirceu tem até as 17h de sexta-feira para se entregar à PF em Brasília

68241587_Brasil Brasília BsB DF 07-06-2017 - O ex-ministro José Dirceu deixa a superintendência da P.jpgSÃO PAULO — A juíza Gabriela Hardt determinou no início da noite nesta quinta-feira a prisão do ex-ministro José Dirceu. Condenado a 30 anos e nove meses de prisão por corrupção passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro, o ex-ministro teve o último recurso negado na tarde desta quinta-feira pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4).

LEIA: Preso, Lula perde direito a segurança, motorista e assessores

Como a defesa de Dirceu afirmou que pretende cumprir a medida judicial, a juíza, que substitui Sergio Moro, determinou que o ex-ministro deve se apresentar na Polícia Federal de Brasília, onde está morando, até as 17 horas desta sexta-feira.

LEIA: PT usará evento no Nordeste para reafirmar candidatura de Lula

Segundo o despacho de Gabriela, Dirceu deve ser levado para cumprir pena no Complexo Médico Penal (CMP), em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, onde estão outros presos da Operação Lava-Jato. Depois, ele pode ser transferido para o Complexo da Papuda, no Distrito Federal.

De acordo com a denúncia do Ministério Público Federal, empresas terceirizadas contratadas pela Petrobras pagavam uma prestação mensal para Dirceu por meio do lobista Milton Pascowitch, que fechou acordo de delação na Lava-Jato. Os procuradores também afirmam que a Engevix pagava propina por meio de projetos e contratos com a direitoria de Serviços e da celebração de contratos simulados com a empresa de Dirceu, a JD Consultoria.

Ao todo, o ex-ministro teria recebido R$ 11 milhões em propinas da Engevix por meio de contratos superfaturados com a Petrobras. Em depoimento a Moro, o ex-ministro negou as acusações.

Idas e vindas de José Dirceu na Justiça


Leia a notícia completa em O Globo Dirceu tem até as 17h de sexta-feira para se entregar à PF em Brasília

O que você pensa sobre isso?