Uso do Árbitro de Vídeo é adiado para outubro no Campeonto Brasileiro

20170920182406_1.jpeg

Depois da polêmica do gol de mão de Jô, do Corinthians, contra o Vasco, a CBF decidiu antecipar os testes com o Árbitro Assistente de Vídeo (VAR) nas competições nacionais. No entanto, não será no prazo que o presidente da entidade, Marco Polo Del Nero, desejava, já na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, a 25ª.

Após ser cogitado o adiamento para a rodada seguinte, que começa ainda em setembro, o uso da tecnologia deve ter início só a partir da 28ª rodada, em que Cruzeiro e Ponte Preta se enfrentam em 7 de outubro antes do restante das partidas, que serão entre 14 e 15 do mês. Todos os dez confrontos da rodada terão que dispor do assistente de vídeo.

Na segunda-feira, Coronel Marcos Marinho, que é presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, afirmara que a implementação do árbitro de vídeo já ocorreria na próxima rodada do Campeonato Brasileiro por pedido de Del Nero. A iniciativa aconteceria mesmo sem a possibilidade técnica de ser realizada em todos os jogos da rodada, o que gerou uma repercussão ruim à iniciativa.

TREINAMENTO INTENSIVO

Para colocar a intenção em prática o quanto antes, a entidade tem promovido treinamentos com supervisores. O objetivo dessas sessões é atualizar protocolos e revisar as instruções antes da etapa seguinte, a de preparação dos árbitros e assistentes.

A atividade, comandada pelo instrutor técnico de VAR Manoel Serapião Filho, contou com 16 participantes. O foco do trabalho foi nas “decisões revisáveis”, situações em que o árbitro ou o assistente de vídeo tem a possibilidade de pedir a revisão de um lance. Na etapa seguinte, 64 árbitros e assistentes passarão por treinamentos e avaliações.

“O árbitro moderno precisa entender que a função dele está mudando e que o Árbitro de Vídeo vem para garantir uma arbitragem ainda melhor e mais eficiente. O árbitro terá que saber usar o AV com inteligência para não atrapalhar a dinâmica do futebol, que é a essência do uso da tecnologia”, afirmou, por meio de nota, Coronel Marcos Marinho.

Fonte: O Globo Uso do Árbitro de Vídeo é adiado para outubro no Campeonto Brasileiro

O que você pensa sobre isso?