Ucrânia e Brasil podem encerrar empresa de lançamento de satélites

70903890_Brazil%27s Foreign Minister Aloysio Nunes Ferreira speaks during a press conference after Sou.jpgNOVA YORK — O ministro das relações relações exteriores do Brasil, Aloysio Nunes, informou que, após se reunir com seu colega ucraniano, Pavlo Klimkin, os dois países deverão dar os passos que faltam para encerrar a empresa binacional criada para o projeto de lançamentos de satélites, que fracassou em 2015. A empresa já consumiu ao menos R$ 500 milhões e segue gerando despesas.

– No próprio acordo que firmamos com a Ucrânia, que foi denunciado em 2015, se prevê a forma de liquidação do Brasil e da Ucrânia. É preciso apurar a empresa, ver o que se gastou, o que está pendente. Nós não podemos continuar com uma empresa inativa que custa sua manutenção – disse Aloysio, que está em Nova York para a Assembleia Geral da ONU.

Ele afirmou que, após uma série tratativas, um calendário deverá ser definido na visita que o ministro de Comércio e Indústria da Ucrânia fará ao Brasil, em outubro. O projeto previa usar a base de Alcântara, no Maranhão, como centro internacional de lançamento de satélites.

Aloysio ainda informou que os dois países estão fechando uma nova parceria: uma fábrica de insulinas na Bahia. Neste projeto, haveria transferência de tecnologia dos ucranianos, que também atuariam na produção do insumo para a área de saúde.

Fonte: O Globo Ucrânia e Brasil podem encerrar empresa de lançamento de satélites

O que você pensa sobre isso?