Toys R Us fechará todas as lojas nos EUA, dizem fontes

Toys R Us faz liquidação antes do fechamento de loja na Grã-Bretanha.jpgLONDRES – O diretor-executivo da Toys “R” Us , Dave Brandon, confirmou nesta quarta-feira aos funcionários que a rede fechará todas as suas lojas nos EUA, de acordo com uma pessoa ligada à empresa, o que vai deixar os americanos sem sua maior rede de brinquedos.

Brandon reuniu os funcionários na sede da companhia, em Wayne, Nova Jersey, e apresentou os planos de encerramento das operações. Nesta quinta-feira, a empresa vai entrar com um pedido de liquidação no Tribunal de Falências, segundo informou a fonte, que não quis ser identificada.

Desde setembro, a rede está protegida sob o Capítulo 11, que trata de proteção contra falência, para que a empresa possa reestruturar sua dívida com os credores ao torná-los acionistas. No entanto, não conseguiu encontrar um comprador nem reestruturar suas dívidas com credores, de acordo com a imprensa americana.

A companhia até conseguiu um empréstimo de US$ 3,1 bilhões, que garantiu a sobrevivência da operação, mas o esforço não foi suficiente, informou a fonte à agência de notícias Bloomberg. Isso ocorreu porque os números das vendas de fim de ano foram piores que o esperado, elevando a incerteza sobre a viabilidade da rede.

Segundo reportagem do site CNN Money, o impacto do fechamento da Toys ‘R’ Us seria forte para as fabricantes de brinquedo, particularmente Hasbro e Mattel. As vendas pelos pontos de venda da varejista respondem por 10% do total vendido pelas marcas. A Lego também estaria preocupada com o destino da empresa.

No caso da Toys R Us, a medida tornou incerto o futuro de quase 1.600 lojas da empresa, e seus 64 mil funcionários.

A Toys R Us também vai fechar todas as suas lojas no Reino Unido nas próximas seis semanas, já que as tentativas de encontrar um comprador para as 100 lojas no país falharam. Nos últimos dias, 25 lojas ou fecharam as portas ou estavam em vias de fazê-lo.

Em comunicado divulgado nesta quarta-feira, a empresa anunciou que, por enquanto, as 75 lojas restantes permanecerão abertas enquanto os executivos montam um cronograma de fechamento.

“A estimativa para o fechamento das lojas restantes é de que ocorra nas próximas seis semanas. Fizemos tudo o que foi possível para encontrar um comprador para a rede, ou parte dela, mas nenhuma proposta formal foi levada adiante”, disse o administrador adjunto Simon Thomas, no comunicado.

Enquanto isso, as lojas Toys R US e Babies “R” Us continuarão liquidando seus brinquedos, incluindo bicicletas. A empresa incentivou os compradores a tirarem proveito das vendas, ajudando a limpar itens nas prateleiras das lojas.

Toys R Us é uma das maiores varejistas de brinquedos do Reino Unido, com cerca de 3 mil funcionários em todo o país.

Em setembro, quanto fez o pedido de proteção contra a falência, a empresa afirmara que o processo não afetaria as operações europeias da empresa. Segundo a Toys ‘R’ Us, não era esperado nenhum impacto imediato nas lojas do Reino Unido. As 255 lojas licenciadas da Austrália, e uma joint-venture na Ásia também não estavam incluídas.

Movimento no Canadá

A MGA Entertainment está tentando organizar um grupo de amantes de brinquedos para fazer uma oferta pelas operações da Toys “R” Us no Canadá, que pediu concordata junto com a unidade americana.

Segundo a CNN, citando o fundador e diretor-executivo da MGA, Isaac Lariano, o grupo também planeja fazer uma auditoria nos negócios da empresa nos EUA, na esperança de que seja possível manter mais de 700 lojas abertas.

– Se não houver Toys “R” Us, não acho que exista um negócio de brinquedos – disse Larian em entrevista. – Por um preço certo, isso tem sentido econômico.

Larian afirmou que colocará seu próprio dinheiro nos esforços e na proposta que será feita nesta quinta-feira, quando a Toys “R” Us terá uma audiência na Corte de Falências. O empresário não disse quanto a rede de brinquedos tem à disposição, mas disse ter contratado o Grupo UBS como conselheiro. O Grupo Moinian, de Nova York, trabalha junto com a MGA na preparação da oferta.


Leia a notícia completa em O Globo Toys R Us fechará todas as lojas nos EUA, dizem fontes

O que você pensa sobre isso?