Suspeito pela morte e esquartejamento de professor universitário vai à júri, em RO


Julgamento está marcado para o dia 11 de outubro, segundo pronúncia da 1ª Vara do Tribunal de Júri de Porto Velho. Crime aconteceu em março de 2016. Elessandro Milan foi assassinado e esquartejado dentro de casa em março de 2016.
Facebook/ Reprodução
O suspeito pelo assassinato e esquartejamento do professor universitário Elessandro Milan, então de 34 anos, será julgado em júri popular. O julgamento está marcado para o dia 11 de outubro, de acordo com o Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO).
A pronúncia foi feita pela juíza Juliana Brandão, da 1ª Vara do Tribunal do Júri de Porto Velho. O crime aconteceu em março de 2016 dentro da residência da vítima, Zona Leste da capital.
Conforme a sentença de pronúncia, o réu confessou ser o autor do crime e ainda forneceu detalhes de como matou Elessandro.
A defesa pediu que o réu fosse absolvido pelo crime de ocultação de cadáver. Solicitou ainda que ele passe por exames médicos, como o de HIV. Ele foi preso em maio deste ano em Porto Velho.
Relembre o caso
O professor universitário Elessandro Milan, de 34 anos, foi encontrado morto e esquartejado dentro da própria residência, em um condomínio localizado na Avenida Calama, no Bairro Planalto, Zona Leste de Porto Velho.
De acordo com a polícia, o homem foi morto durante a madrugada do dia 18 de março. Uma vizinha da vítima encontrou rastros de sangue na varanda da casa e acionou a Polícia Militar (PM).
Corpo foi encontrado na tarde do dia 18 de março, horas depois do assassinato.
Cléo Subtil/ Rede Amazônica
O resultado da perícia da morte do professor saiu dia 1° de junho. O laudo técnico demorou 75 dias para ser finalizado e consta de 30 páginas, que reúnem amostras de DNA, impressões digitais e até registros telefônicos, entre outros objetos da casa.
O delegado do caso descarta a possibilidade de Milan ter ser sido vítima de latrocínio (roubo, seguido de morte), já que nenhum objeto foi levado. A suspeita é que o crime ocorreu devido a problemas pessoais.
Leia a notícia completa em G1 Suspeito pela morte e esquartejamento de professor universitário vai à júri, em RO

O que você pensa sobre isso?