Servidores levam bolo para comemorar prisão de Pezão


RIO – Em vez de terminar em pizza, terminou em bolo. Cerca de 15 servidores públicos comemoraram a prisão do governador Luiz Fernando Pezão levando um bolo de um metro e meio para a frente da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), no Centro, na tarde desta quinta-feira. Ao som de gritos como “Pezão, ladrão, seu lugar é na prisão” e “os humilhados serão exaltados”, os servidores que estiveram em frente ao Palácio Tiradentes foram os afetados pelos atrasos salariais e que também foram agredidos, pela polícia militar, com balas de borracha e spray de pimenta naquele mesmo local, quando foram protestar pelos atrasos nos pagamentos em fevereiro do ano passado. O bolo, que tinha cobertura de frutas em calda e recheio de doce de leite, foi cortado ao som de “Parabéns a você” e distribuído entre eles e os passantes. O primeiro pedaço foi dedicado à Polícia Federal, e até fogos de artifício foram acendidos por funcionários da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap). Durante a comemoração, um camburão da Seap passou buzinando pela Rua Primeiro de Março e foi ovacionado. conteudos-pezao-vizinhos1Morador de Irajá, o bombeiro reformado Antônio Blois declarou que passa dificuldades com sua mulher a há dois anos, o que se agravou com o corte de seu Auxílio Invalidez de R$ 3 mil.– Tive muita dívida com isso, pois eu me acidentei justamente em serviço. Agora eu não consigo nem arrumar emprego, pois dói quando eu ando, vivo na base de remédios. Como moro perto do Ceasa, vou até lá para ver se consigo alguma coisa para comer – disse Antônio.O servidor público Ramon Carrera deseja que o próximo governador reveja a alíquota previdenciária e olhe mais para o servidor. Eles também esperam que o O Dornelles, agora no comando do governo, cumpra com o calendário de pagamentos do 13º salário:– O funcionalismo do estado sofreu como um todo, primeiro, por questão do atraso dos salários e do 13º desde 2015, se arrastou até 2017, todo mundo convivendo com incertezas. Atingiu a população como um todo, como medicamento nos hospitais, combustível pros carros da polícia. A justiça foi feita e deve seguir. ‘O governador estar preso é motivo para comemorar’
Leia a notícia completa em O Globo Servidores levam bolo para comemorar prisão de Pezão

O que você pensa sobre isso?