Saiba o que é orientação vocacional e como ela ajuda na decisão da sua carreira


Existem profissionais, testes e dinâmicas que podem indicar caminhos na hora de escolher o curso para o qual você vai prestar vestibular. Confira algumas dicas de uma psicóloga Você sabia que no Brasil existem mais de 2600 profissões reconhecidas pelo Ministério do Trabalho? Por vezes, essa grande variedade de carreiras torna a escolha pela a área a ser seguida ainda mais complexa. Neste sentido, a orientação vocacional pode contribuir significativamente com aqueles que estão prestes a realizar escolhas importantes, como, por exemplo, no vestibular.
Para a professora doutora Luana Carramillo Going, uma das psicólogas que coordena o Programa de Orientação Vocacional da Universidade Católica de Santos (UNISANTOS), a dúvida ou a insegurança na hora de definir o futuro profissional é natural, por isso é importante provocar a reflexão. “A orientação trabalha em um processo de identificação. Por meio de dinâmicas, testes e outras ações, verificamos como o jovem está pensando sua própria existência”.
Divulgação Unisantos
Divulgação Unisantos
Em linhas gerais, a orientação vocacional reúne um conjunto de técnicas que auxiliam, de forma individual ou coletiva, desmistificar alguns conceitos e apresentar as muitas possiblidades. “Buscamos clarificar as opções do mercado de trabalho, apresentar um pouco da rotina e do ambiente de trabalho de cada área. Assim, muitos desmistificam algumas ideias e fantasias”, explica a especialista.
A psicóloga ainda acrescenta que, diferentemente do que muitos pensam, a orientação vocacional também pode contribuir com as pessoas que já possuem uma ‘decisão tomada’. “A orientação é um momento de abertura, de desmistificar padrões impostos. Tanto as pessoas que tem uma decisão quanto as que tem dúvidas podem procurar, pois o programa provoca a reflexão que estimula um processo de identificação”.
DO OUTRO LADO – Hoje cursando o 8º semestre do curso de Psicologia na UNISANTOS e atuando como estagiária do Programa de Orientação Vocacional da Universidade, Ingrid Tavares de Paiva já participou do projeto buscando auxílio no período pré-vestibular. Ela conta que gostava de disciplinas de humanas e de exatas e por isso teve dúvidas na escolha do curso superior. “Estudei em escola de ensino médio técnico e por isso, já no segundo ano, procurei a orientação. Isso me ajudou bastante”, comenta.
Divulgação Unisantos
Divulgação Unisantos
Agora do outro lado, auxiliando os jovens que vivem o momento da decisão profissional, ela destaca a importância da participação no sentido de conhecer todas as possibilidades de áreas e de descobrir suas próprias habilidades e interesses. “Recomendo a orientação para todo mundo, pois por mais que você já saiba o que quer fazer, tem aspectos sobre nós mesmos que as vezes não conhecemos muito bem”.
A UNISANTOS mantém um Programa de Orientação Vocacional permanente desenvolvido por estudantes do curso de Psicologia, sob supervisão de professores. Os interessados podem acessar o www.unisantos.br/orientacaovocacional.
Acesse nosso site: www.unisantos.br/
Informações pelo 0800-770-5551.
Leia a notícia completa em G1 Saiba o que é orientação vocacional e como ela ajuda na decisão da sua carreira

O que você pensa sobre isso?