Remessa de morangos sabotada com agulhas é encontrada na Nova Zelândia


Rede de supermercados anunciou que clientes poderão devolver mercadoria. Fruta é de origem australiana, onde mais de 100 casos foram denunciados. Imagem fornecida pela polícia mostra fina peça de metal dentro de embalagem de morangos em Gladstone, na Austrália
AAP/Queensland Police
Uma rede de supermercados da Nova Zelândia alertou seus clientes após detectar um pacote de morangos com agulhas espetadas procedentes da Austrália, país onde as autoridades averiguam um suposto ato de sabotagem, informou neste domingo (23) a imprensa local.
A rede Countdown anunciou a retirada de todos os morangos da marca Choice de seus estabelecimentos e das lojas Supervalue e FreschChoice do mesmo grupo, segundo o jornal “New Zealand Herald”.
Os morangos desta marca, procedente da Austrália Ocidental, foram distribuídos na semana passada em todo o país.
Garoto é preso após admitir colocar agulhas em morangos na Austrália como ‘brincadeira’
Premiê australiano compara casos de morangos com agulhas com ‘terrorismo’
“Os clientes podem devolver a Countdown os morangos da marca Choice que tenham em casa para sua tranquilidade e o valor lhes será reembolsado”, disse uma porta-voz da rede ao jornal.
A porta-voz, que evitou especificar em que loja foram encontrados os morangos com esse problema, acrescentou que a Countdown colabora com as autoridades neozelandesas e australianas na investigação do caso.
As agulhas começaram a ser detectadas na semana passada no estado de Queensland, no nordeste de Austrália, onde se concentra a maioria dos cerca de 100 casos denunciados e onde se acredita que aconteceu a sabotagem.
As autoridades australianas ofereceram uma recompensa para encontrar os responsáveis na complicada cadeia de produção desta indústria, que gera perto de US$ 115 milhões.
Leia a notícia completa em G1 Remessa de morangos sabotada com agulhas é encontrada na Nova Zelândia

O que você pensa sobre isso?