Rapaz que foi queimado em explosão de botijão morre e é enterrado em Mogi


Gustavo Andrade Pinto, de 19 anos, foi um dos três feridos no acidente. A esposa do jovem e o filho do casal foram internados no Hospital Luzia de Pinho Melo, mas a família não autorizou divulgação do estado de saúde. Casal e criança de 1 ano ficaram feridos por causa de explosão de gás em Mogi das Cruzes
Polícia/Divulgação
O corpo de Gustavo Andrade Pinto, de 19 anos, foi enterrado na manhã desta quarta-feira (26) no Cemitério São Salvador, em Mogi das Cruzes. Ele foi uma das vítimas de uma explosão de gás na casa onde morava com a família,na Vila Natal, na última semana.
A esposa do rapaz, Bianca Bernardes de Oliveira, 17 anos, e o filho do casal Kauan Henrique Bernardes, de 1 ano e 4 meses, também foram atingidos. Os dois foram internados no Hospital Luzia de Pinho Melo, mas a família não autorizou a divulgação do estado de saúde das vítimas.
Como o estado de Gustavo era o mais grave, ele foi levado pelo helicóptero Águia para o Hospital das Clínicas, em São Paulo, onde ficou internado por oito dias.
O acidente foi na residência da família na Rua Inácio Silva Alvarenga, na Vila Natal. O imóvel fica na parte debaixo de um terreno, junto com mais outros três.
No dia do acidente, vizinhos relataram que acordaram com o barulho da explosão. O impacto danificou parte da casa e deixou um pedaço do colchão queimado, parte do teto caída e danificou outros móveis e eletrodomésticos.
Leia a notícia completa em G1 Rapaz que foi queimado em explosão de botijão morre e é enterrado em Mogi

O que você pensa sobre isso?