PRF vai intensificar blitzes da Lei Seca no Vale com novo modelo de bafômetro


O primeiro teste do bafômetro passivo acontece na noite desta sexta-feira (14) em um festival de música na altura do Km 157 da Dutra em São José dos Campos (SP). Polícia Rodoviária Federal vai usar novo bafômetro na região
Com um novo modelo de bafômetro, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) quer aumentar o número de blitzes contra a Lei Seca no Vale do Paraíba a partir desta sexta-feira (14). O bafômetro passivo vai agilizar e aumentar a capacidade de testes em motoristas.
Segundo a PRF, o bafômetro passivo chega a ser cinco vezes mais rápido que os equipamentos que eram utilizados nas operações anteriores da Lei Seca, e é uma maneira mais eficaz de prevenção a acidentes no trânsito causados pelo álcool.
“A gente direciona o aparelho ao condutor e imediatamente já acende uma luz, que significa que não há álcool. Se tiver a luz vermelha, signifca a presença de álcool. Ele é cinco vezes mais rápido. Facilita a logística da blitz e ajuda na prevenção”, disse o inspetor Samuel Freire, da PRF.
O primeiro teste do bafômetro passivo acontece na noite desta sexta-feira em um festival de música na altura do Km 157 da Dutra em São José dos Campos (SP). Na fiscalização serão utilizados seis equipamentos. O motorista que recusar o teste do bafômetro recebe uma multa no valor de R$2.934, além da suspensão da carteira de motorista por 12 meses.
“É uma nova ferramenta e é necessária para segurança de nós motoristas. E tabém vai agilizar, pois já cheguei a ficar mais de 40 minutos em uma blitz”, disse o administrador Alexandre Alves.
Leia a notícia completa em G1 PRF vai intensificar blitzes da Lei Seca no Vale com novo modelo de bafômetro

O que você pensa sobre isso?