Prefeitura de Limeira proíbe que servidores usem celulares durante expediente

Normativa publicada no Diário Oficial prevê penalidade ao funcionário que for visto usando aparelhos eletrônicos em repartições no horário de trabalho. Sindicato afirma que ordem deve ‘ser para todos’. A Prefeitura de Limeira (22) publicou uma normativa em que proíbe o uso de celulares ou outros aparelhos eletrônicos durante o expediente. A publicação do Diário Oficial de terça-feira (21) informa que cabe penalidade aos servidores que forem vistos com os aparelhos e que os chefes de setores podem liberar o uso em casos específicos.
Segundo a diretora do Sindicato dos Servidores Públicos de Limeira (Sindsel), Eunice Lopes, é preciso que os servidores se “entreguem de corpo e alma” durante o expediente, e portanto a proibição não é um problema.
Eunice ressalva que é preciso que essa determinação seja acatada tanto pelos servidores da base do funcionalismo quanto pelos chefes. “Precisa valer para todos”, afirma. Além disso, ela diz que os superiores devem considerar os casos específicos, quando há trabalhadores com filhos ou responsáveis por outras pessoas.
Determinação deve ser cumprida em todas as repartições públicas municipais de Limeira
Wagner Morente/Prefeitura de Limeira
O texto da normativa determina que é “expressamente proibido o uso de aparelhos elétricos e eletrônicos, tais como telefones celulares, tablets e congêneres, por Servidores Municipais e assemelhados, durante o horário de serviço, dentro das repartições públicas municipais”
Em seguida, a norma traz que o uso é liberado “somente nos casos onde houver anuência superior em situações emergenciais, ou nos casos onde o servidor justificar sua utilização em razão de atendimento nos cuidados de saúde própria ou de seus familiares diretos”.
A diretora do sindicato afirma que a entidade representativa não recebeu reclamações a respeito da publicação. Segundo ela, por ser uma regra que já era conhecida, não houve surpresas. Já a prefeitura afirmou, por nota, que “esta é a primeira publicação sobre este assunto”.
Além disso, a administração municipal argumentou que a utilização excessiva de aparelhos celulares “atualmente ocorre em todos os lugares, dentro e fora do trabalho, na iniciativa privada ou no setor público”.
“A edição da Instrução visa normatizar, sendo que o papel das Chefias na orientação e fiscalização é essencial. A prefeitura esclarece que o foco de todo servidor público deve ser o atendimento à população e a qualidade da prestação de serviços”, completa.
Veja mais notícias da região no G1 Piracicaba
Leia a notícia completa em G1 Prefeitura de Limeira proíbe que servidores usem celulares durante expediente

O que você pensa sobre isso?