Polícia diz que já sabe quem matou auxiliar de pedreiro que morreu a facadas no Centro da Capital 


Câmeras de segurança ajudaram a polícia a identificar o suspeito.  Auxiliar de pedreiro é morto ao ajudar vítima de assalto em MS
A polícia já sabe quem matou o auxiliar de pedreiro no Centro de Campo Grande, na manhã desta segunda-feira (7), é o que diz a delegada responsável pelo caso, Daniela Kades. Segundo ela, o nome do suspeito não foi divulgado para não atrapalhar as investigações. A polícia acredita que o homem está escondido na região da Orla Ferroviária, próximo ao local do crime.
Imagens de câmeras de segurança obtidas pela polícia mostram o suspeito e o auxilar de pedreiro lutando. O homem que está sendo procurado teria 25 anos e aparece na gravação de short, camiseta, chinelo e carrega uma mochila nas costas. É possível ver ele fugindo pela calçada depois de esfaquear o auxiliar de pedreiro.
Entenda o caso
Um auxiliar de pedreiro de 34 anos foi morto a tesouradas no início da manhã desta segunda-feira (7), em Campo Grande, ao tentar ajudar uma jovem que era abordada por assaltante. “Foi defender e perdeu a própria vida”, disse o pai, bastante abalado, o pedreiro João Roberto Faustino de Souza, de 54 anos.
De acordo com informações da Polícia Militar (PM), Antônio Marcos Rodrigues de Souza e o pai seguiam em bicicletas, cada um em uma, pela avenida Mato Grosso. Quando passavam pelas proximidades da rua Calógeras, um assaltante rendeu uma jovem.
Conforme João Roberto, o filho tentou defender a jovem e acabou sendo ferido no pescoço. Segundo a polícia, os golpes foram de tesouradas.
Pai e filho seguiam para o trabalho quando o crime aconteceu. Bombeiros, Samu e PM estiveram no local.
Suspeito do crime no momento da fuga
TV Morena/Reprodução
Leia a notícia completa em G1 Polícia diz que já sabe quem matou auxiliar de pedreiro que morreu a facadas no Centro da Capital 

O que você pensa sobre isso?