PF cumpre mais mandados, apreende documentos e investiga servidores da Aleac na 2ª fase da Operação Hefesto


Ação ocorreu na tarde desta sexta (14) na Aleac. Operação investiga um esquema de fraude em contratos públicos na Aleac Grupo deve responder por peculato, corrupção, lavagem de dinheiro, organização criminosa, fraude à licitação e falsidade ideológica
Divulgação/PF-AC
A Polícia Federal do Acre (PF-AC) cumpriu mais dois mandados de busca e apreensão e apreendeu documentos e computadores da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), nesta sexta-feira (14).
A ação ocorreu durante a 2ª da Operação Hefesto, desencadeada nesta quinta-feira (13).
Ainda segundo a polícia, essa fase da operação investiga servidores da Aleac. A PF-AC ressaltou que esses servidores não são parlamentares.
Um grupo é investigado por suposta fraude em contratos públicos na Aleac, que teria tentado subornar servidores da Justiça do Trabalho para encobrir esquema.
Foi a partir dessa denúncia que a PF iniciou as investigações e, nesta quinta, deflagrou a Operação. Ao todo, foram cumpridos 24 mandados, sendo sete de prisão e 17 de busca e apreensão nas cidades de Rio Branco, Xapuri e Sena Madureira.
Leia a notícia completa em G1 PF cumpre mais mandados, apreende documentos e investiga servidores da Aleac na 2ª fase da Operação Hefesto

O que você pensa sobre isso?