Obra em sistema de esgoto altera trânsito na área central do Recife durante 90 dias


Motoristas que passam pela Cabanga em direção ao bairro de Boa Viagem, na Zona Sul, precisam ficar atentos a partir de segunda-feira (13) Obra da Compesa no bairro do Cabanga, no Recife, muda trânsito da região
Google Street View/Reprodução
A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) começa, na segunda-feira (13), uma obra de esgotoamento sanitário na Cabanga, na área central do Recife. A meta é melhorar a operação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETA) do bairro, a maior da cidade. Por causa do serviço, está prevista uma alteração no trânsito durante 90 dias.
Por csua da obra, parte da Rua Comandante Antônio Manhães de Matos, próximo à Praça Governador Paulo Guerra, tem interditado um trecho de 60 metros. O bloqueio começa às 9h30 da segunda-feira.
De acordo com a companhia, técnicos da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) orientam os motoristas ao longo de todo o período de intervenção.
Durante o período, os motoristas que passam pela área em direção ao bairro de Boa VIagem, na Zona Sul, devem encontrar desvios no entorno da obra.
A Compesa informou que quem passa pela Rua Comandante Antônio Manhães de Matos deve entrar na Rua Bituri e acessar a Avenida Engenheiro José Estelita, que passa a ter duplo sentido no trecho alterado durante a obra. Os veículos precisam seguir em direção a um acesso aberto para a Avenida Saturnino de Brito.
Motoristas precisam ficar atentos às mudanças no trânsito na Zona Sul do Recife em consequência de obras da Compesa
Compesa/Divulgação
Os condutores de ônibus e motos que seguem para o bairro de Boa Viagem pelas vias Avenida Engenheiro José Estelita e Avenida Saturnino de Brito precisam ficar atentos ao estreitamento da faixa exclusiva.
Além disso, os motoristas de caminhões e carretas que passarem pela área devem realizar desvio pela Rua Capitão Temudo para ter acesso à Ponte Governador Paulo Guerra.
Segundo a companhia, o esquema de trânsito não atinge os motoristas que passam pelo bairro da Cabanga por meio do Viaduto Capitão Temudo.
Obra
A Compesa informou que a previsão é investir mais de R$3,5 milhões na recuperação da estação de tratamento. A obra consiste na abertura de uma vala para o remanejamento de 45 metros de tubulações por onde passam o esgoto.
A companhia informou, ainda, que a unidade sofre influência das marés e tem um nível alto do lençol freático, o que pede a realização de um rebaixamento. A obra tem como objetivo melhorar a entrada dos resíduos na etapa inicial do tratamento de esgoto.
A obra tem a execução da BRK Ambiental. A empresa é parceira da Compesa no Programa Cidade Saneada, a Parceria Público-Privada (PPP) do Saneamento da Região Metropolitana do Recife.
Leia a notícia completa em G1 Obra em sistema de esgoto altera trânsito na área central do Recife durante 90 dias

O que você pensa sobre isso?