O essencial da manhã: Bolsonaro chama cálculo do desemprego de 'farsa' e é criticado


RIO — O presidente eleito Jair Bolsonaro declarou a intenção de mudar a forma de calcular a taxa de desemprego no país. Em entrevista à “Band”, ele chamou de “farsa” os números divulgados pelo IBGE — 12,4 milhões de pessoas buscam emprego atualmente. A metodologia do instituto segue padrões recomendados pela Organização Internacional do Trabalho, o que permite que os índices sejam comparáveis aos de outras nações. Entenda o que é a taxa de desemprego do IBGE.

Economistas consultados pelo GLOBO reagiram à possibilidade de o próximo presidente intervir no instituto que produz os dados oficiais do país. A colunista Míriam Leitão explica por que Bolsonaro está enganado sobre a metodologia.

Dívida, privatização e primeiro escalão

Na mesma entrevista, Bolsonaro citou ainda, sem explicações, a possibilidade de renegociar a dívida pública e de “privatizar grande parte das estatais”. E disse estar “namorando” futuros comandantes do Itamaraty, Meio Ambiente, Agricultura e Infraestrutura, que podem ser anunciados nos próximos dias.

Volta ao Congresso

Nesta terça-feira, em sua volta a Brasília após a eleição, Bolsonaro participará de sessão solene no Congresso em comemoração aos 30 anos da Constituição. A Direção-Geral do Senado proibiu a entrada de jornalistas no evento, algo no mínimo inusual. O eleito também se encontrará com o presidente Michel Temer.

equipe.jpg

Conheça a equipe de transição: sete militares e seis economistas

Nenhuma mulher foi escolhida para integrar grupo de 27 pessoas nomeadas com o objetivo de preparar o futuro governo

Futuro ministro, Moro diz que não se vê como ‘político verdadeiro’

Juiz federal avalia cargo como técnico e promete não disputar eleição

Colunistas do GLOBO analisam declarações de Bolsonaro sobre política externa

Presidente eleito gera incertezas ao se contradizer em assuntos diplomáticos

Egito retalia Brasil por fala de Bolsonaro sobre Israel

Visita de chanceler é cancelada; cerca de 20 empresários que já haviam viajado terão de retornar ao país

Apoio de evangélicos influencia agenda na educação

Bolsonaro prioriza defesa de pautas no Congresso como Escola Sem Partido; ministério pode ser comandado por nome com perfil contrário à esquerda

Viu isso?

Argentina apreendeu arsenal de 616 armas de guerra destinado ao Rio

Crivella anuncia que deseja se reeleger à prefeitura do Rio em 2020

OEA condena redução da maioridade penal no Brasil

Contra Amazon, sebos retiram 1 milhão de livros de estantes virtuais

Ana Paula Maia vence Prêmio São Paulo de Literatura

Modelo vai usar sutiã de US$ 1 milhão em desfile da Victoria’s Secret

witzel.jpg

A pedido de Witzel, Pezão propõe prorrogar estado de calamidade até 2023

Governador encaminha projeto à Alerj; mudança permitiria ao governo descumprir teto de endividamento e de gastos com pessoal

Incêndio: dez pacientes entubados foram removidos sem respiradores

Funcionários do CER Barra não seguiram protocolos para transferência; aparelhos portáteis não foram usados

“Mamãe, levei um tiro. Eu não quero morrer. Fala com Deus”

THIAGO MENDONÇA, 14 ANOS – Reação após ser baleado na Cidade de Deus enquanto lia um livro. Ele foi um dos três adolescentes mortos por balas perdidas em três dias no Rio

trump.jpg

Sob influência de Trump, americanos vão às urnas para eleger novo Congresso

Presidente polariza eleição legislativa e dita temas da campanha de senadores e deputados; 31 milhões já anteciparam voto por correio


Leia a notícia completa em O Globo O essencial da manhã: Bolsonaro chama cálculo do desemprego de ‘farsa’ e é criticado

O que você pensa sobre isso?