Na estreia de Zé Ricardo, Botafogo deixa vitória escapar contra o Paraná


CURITIBA — O Botafogo estava cercado de momentos simbólicos para buscar uma vitória na Vila Capanema, neste domingo, contra o Paraná: em pleno Dia dos Pais, o jogo representava a partida de comemoração pelo aniversário de 114 anos do Alvinegro e a estreia de Zé Ricardo como treinador — o terceiro dos cariocas na temporada. Mas tudo o que o clube conseguiu foi um empate com gosto de derrota: com um gol de pênalti, o Botafogo viu os três pontos irem embora no último lance da partida, quando uma bola desviada fez o Paraná fechar o combate em 1 a 1.O primeiro tempo foi equilibrado na posse de bola, mas o Botafogo aproveitou melhor as vezes em que esteve no domínio das jogadas, investindo mais nos contra-ataques. Aos 13 minutos, Léo Valência adentrou a área dos paranistas, se livrou da zaga e tirou o goleiro Richard do lance, chutando na rede pelo lado de fora. Em outro bom momento, aos 21, Rodrigo Pimpão meteu a bola na área, ajeitada de cabeça, em seguida, por Carli, e sobrando para Luiz Fernando. De primeira, o meia mandou um voleio certeiro para o gol do Paraná, espalmado com dificuldades pelo arqueiro.Empatados no placar, os times também permaneceram iguais no número de jogadores em campo, ambos perdendo um jogador depois de uma confusão na lateral do gramado, aos 25 minutos. O desentendimento começou numa dividida entre Maicosuel e Matheus Fernandes: tentando proteger a bola, o volante botafoguense acabou dando um carrinho em Maicosuel e se embolando, em seguida, com Silvinho. O atacante do Paraná empurrou Matheus Fernandes, que revidou com um chute e ainda levou mais um empurrão de Maicosuel. O lance reuniu titulares e reservas dos dois times no gramado, e a briga resultou nas expulsões de Matheus Fernandes e Cléber Reis.Bem no reinício da partida, aos 3 minutos, o Botafogo perdeu uma claríssima chance de gol: em jogada pela esquerda, o centroavante Aguirre cruzou a bola na entrada da pequena área do Paraná, servindo Luiz Fernando, que chegava para tocar nela. Praticamente sozinho, apenas com Richard em sua frente, o meia isolou a bola.Mas foi com Luiz Fernando que o Botafogo conseguiu converter o placar: aos 24, ele recebeu a bola na entrada da grande área, girando para a esquerda para fazer a infiltração. Perdendo o tempo da jogada, René colocou o pé atrasado e fez pênalti no jogador do Botafogo. Rodrigo Lindoso assumiu a penalidade e marcou para o Alvinegro, deslocando totalmente o goleiro Richard na cobrança.Antes do gol, o Paraná tocava mais na bola, apesar de não conseguir criar oportunidades — só conseguia chegar no gol adversário com chutes à distância ou lances de bola parada. Aos 36, Alex Santana arriscou um chute no canto de Saulo, que precisou se esticar para garantir a defesa para o Botafogo.Mas assim, de maneira suada e insistente, que o Paraná arranjou o empate e tirou a alegria praticamente garantida dos alvinegros: aos 50 minutos, avançando com a bola até a entrada da grande área, Alex Santana arriscou um chute que poderia não dar em nada, se não tivesse desviado em Igor Rabello e entrado na meta botafoguense.Com o empate, o Botafogo continuou na décima colocação, com 22 pontos. Já o Paraná se mantém na última posição da tabela, com 14, ainda guardando para si a pecha de pior ataque da competição, com nove gols marcados.O Atlético-MG que também jogou na manhã deste domingo contra o Santos, venceu a equipe paulista por 3 a 1. O Galo tem 30 pontos, e o Santos, 18.
Leia a notícia completa em O Globo Na estreia de Zé Ricardo, Botafogo deixa vitória escapar contra o Paraná

O que você pensa sobre isso?