Mulher que entregou direção de veículo para filho adolescente é denunciada pelo MP; um pedestre morreu atropelado


Justiça aceitou denúncia de processar a mãe do adolescente por homicídio culposo. Acidente foi registrado em junho, em Itapetininga; vítima de 52 anos morreu no hospital. Justiça aceita denúncia contra mulher que entregou direção de carro para filho adolescente
Reprodução/TV TEM
A Justiça aceitou a denúncia do Ministério Público de processar por homicídio culposo, quando não há a intenção de matar, a mulher de 42 anos que entregou a direção de uma caminhonete ao filho, de 17 anos, em Itapetininga (SP).
Em junho deste ano, o adolescente perdeu o controle da direção, invadiu a calçada na rua Joaquim Antônio de Oliveira e atropelou Matheus Vieira Aguiar, de 52 anos. Matheus chegou a ser socorrido, mas morreu no hospital.
No dia do atropelamento, a mulher afirmou à polícia que estava dirigindo o veículo, quando perdeu o controle ao desviar de um cachorro.
Porém, imagens de câmeras se segurança mostraram o rapaz descendo pelo lado do motorista e a Polícia Civil abriu inquérito policial para investigar quem realmente estava conduzindo a caminhonete.
Marcas ficaram na parede onde o pedestre foi atropelado por carro na Vila Rosa, em Itapetininga
Reprodução/TV TEM
Mãe e filho foram ouvidos novamente e, durante o depoimento à Polícia Civil no dia 13 de julho, a mulher alegou que teve uma queda de pressão e passou mal. Como estava perto da casa, ela afirmou que achou que não teria problema entregar o carro ao filho.
A mãe do adolescente também foi denunciada por auto-acusação falsa, por ter mentido num primeiro momento à polícia, ao dizer que era ela quem estava dirigindo.
A reportagem da TV TEM entrou em contato com o juizado da Infância e da Juventude para saber sobre a situação do adolescente, mas o juiz disse que o caso corre em segredo de Justiça.
Imagens
Vídeo mostra atropelamento de pedestre que morreu em Itapetininga
Um vídeo feito por uma câmera de segurança mostra o pedestre caminhando pela calçada, quando a caminhonete vira a rua aparentemente sem controle e atinge a vítima, que fica prensada na parede de uma casa.
Nas imagens (Veja acima) é possível ver que quem desce do veículo logo depois da batida, pelo lado do motorista, é um jovem. Só depois de tirar o veículo da calçada, é que uma mulher desce pelo mesmo lado.
Veja mais notícias da região no G1 Itapetininga
Leia a notícia completa em G1 Mulher que entregou direção de veículo para filho adolescente é denunciada pelo MP; um pedestre morreu atropelado

O que você pensa sobre isso?