Luxemburgo vai ser o 1º país do mundo a ter todo o transporte público gratuito


RIO — Enquanto na cidade do Rio as passagens de ônibus custam R$ 3,95, um bilhete de metrô vale R$ 4,30, e um de trem, R$ 4,20, Luxemburgo, um pequeno país na Europa, deve se tornar o primeiro do mundo a tornar todos os seus transportes gratuitos. A promessa da coalização reeleita para o governo é abolir as tarifas de trens, bondes e ônibus. O governo também está considerando, segundo o jornal The Guardian, legalizar a maconha e incluir mais dois feriados no calendário.Hoje, os passageiros pagam € 2 para até duas horas de transporte, o que, em um país de apenas 2.590 quilômetros quadrados, cobre praticamente qualquer jornada. LuxemburgoEstudantes de nível secundário podem usar ônibus gratuitos que os levam de casa à escola. Este ano, o país já tinha adotado a gratuidade no transporte para crianças e jovens com menos de 20 anos. E, agora, todos os tíquetes de transportes públicos serão abolidos a partir de meados de 2019.Parte dos custos serão cobertos pelo fim de uma isenção fiscal dada aos usuários de transportes.A expectativa é que a medida gere economia na coleta e processamento de tarifas. Ela também deve encorajar os cidadãos a deixar o carro na garagem, ajudando a reduzir os engarrafamentos, um problema especialmente sério na capital de Luxemburgo.
Leia a notícia completa em O Globo Luxemburgo vai ser o 1º país do mundo a ter todo o transporte público gratuito

O que você pensa sobre isso?