Limpeza da casa


Por mais um ano, o OMO e os cariocas estão conectados quando o assunto é limpeza da casa. Neste ano, a marca — que ocupa a liderança do ranking desde 2010 e está presente em 70% dos lares brasileiros — foi além dos cuidados com a casa e a família e mostrou preocupação com a cidade, realizando dois mutirões em parceria com a WWF-Brasil para retirada de plástico da Baía da Guanabara. Segundo a diretora de Marketing da OMO, Giovanna Gomes, o Rio é uma região muito importante:— Acompanhamos de perto as demandas e as preferências do público da cidade. O carioca é muito adepto de atividades físicas e dos esportes ao ar livre, e o OMO Sports chegou exatamente para atender a esta necessidade, pois conta com uma tecnologia exclusiva, que remove o mau odor impregnado nas roupas esportivas, e apresenta fragrância única, que mantém a sensação de frescor pós-lavagem por mais tempo.marcas conteudo relacEm segundo lugar na categoria, está a marca Veja, uma das mais tradicionais do país. Apesar dos 49 anos de história, a empresa não deixa a inovação de lado.— A marca está sempre se atualizando na forma como se comunica com seus públicos, seja por meio das redes sociais ou por meio de novas linguagens, e essa preocupação se estende ao portfólio, com inovações constantes, que tornam os produtos cada vez melhores. Nosso objetivo é deixar a limpeza da casa cada vez mais prática, uma das características mais valorizadas pelos cariocas e por todos os brasileiros — afirma o diretor de Marketing da marca, Eduardo Magalhães.Na terceira colocação na categoria Limpeza da Casa, a Ypê apoia diversos projetos sociais e ações ambientais. Além disso, utiliza promoções para se aproximar dos clientes. A mais recente, encerrada no dia 25 deste mês, foi a promoção “Caldeirão Ypê: R$ 1 milhão para você”, que sorteou carros zero Km semanalmente e R$ 1 milhão como prêmio final. Para participar, bastava comprar três produtos das famílias Ypê, Assonal, Atol, Perfex e Tixan Ypê.
Leia a notícia completa em O Globo Limpeza da casa

O que você pensa sobre isso?