Justiça do Trabalho suspende venda de 34 campos da Petrobras no Rio Grande do Norte


RIO – A Petrobras sofreu nova derrota na Justiça contra seu programa de venda de ativos. Nesta sexta-feira, a 2ª Vara do Trabalho de Natal, no Rio Grande do Norte, concedeu liminar determinando a suspensão do processo de venda de 34 campos de petróleo terrestres situados no estado. A Petrobras já tinha negociado a venda dos campos com a empresa brasileira 3R Petroleum por US$ 453,1 milhões e a assinatura do contrato estava prevista para esta sexta-feira.A suspensão ocorre por conta de ação movida por sindicatos de trabalhadores, que alegam que a reunião do Conselho que aprovou o negócio não contou com a participação do representante dos empregados no colegiado.Ativos Petrobras – 07/12 A Petrobras ainda não se pronunciou a respeito. A decisão da Justiça do Trabalho do Rio Grande do Norte afeta a meta de receita da estatal com a venda de ativos. Dos US$ 21 bilhões previstos para o período de 2017/18, só alcançou até o momento RS$ 8,3 bilhões.O juiz do Trabalho Carlito Antônio da Cruz determinou também a suspensão provisória da assinatura do contrato de cessão dos campos pelo prazo mínimo de 90 dias. O juiz também determinou que a Petrobras só poderá convocar nova reunião do Conselho de Administração para discutir o negócio desde que com a participação do representante dos trabalhadores.
Leia a notícia completa em O Globo Justiça do Trabalho suspende venda de 34 campos da Petrobras no Rio Grande do Norte

O que você pensa sobre isso?