'Green book' vence prêmio principal do Festival de Toronto

RIO — O drama sobre racismo nos Estados Unidos nos anos 60, “Green book”, do diretor Peter Farrely, é o vencedor do prêmio principal do Festival Internacional de Cinema de Toronto (TIFF). Na mostra, considerada um termômetro para o Oscar — “La la land” e “12 anos de escravidão” foram premiados em edições recentes — é o público que decide o ganhador das principais categorias.LEIA MAIS: ‘O predador’ estreia no Festival de Toronto com recepção extasiada dos fãsSem pista para o Oscar, Toronto tem ‘Halloween’ como filme mais concorridoO longa de Farrely (mesmo diretor de”Debi & Lóide” e “O amor é cego”) bateu concorrentes como “Nasce uma estrela”, filme sobre Lady Gaga dirigido por Bradley Cooper, e “If Beale Street Could Talk”, de Barry Jenkins. Em sua sessão de exibição no Festiva,l “Green book” foi aplaudido durante mais de um minuto.A vitória em Toronto coloca o filme como um dos favoritos aos Oscar de 2019. Estrelado por Mahersala Ali e Viggo Mortensen, o longa é inspirado num caso real ocorrido no começo dos anos 60 nos EUA. No filme, Tony (Mortensen) ganha a vida como segurança em clubes da máfia no Bronx. Até que recebe a proposta de virar chofer de um importante pianista negro, Don Shirley (Ali), durante uma excursão pelo sul profundo dos EUA. ‘Green book’ A viagem expõe a cisão da sociedade americana na época. O livro verde a que o título do longa faz referência é um guia que existiu realmente. Nele eram listados estabelecimentos que aceitavam servir negros no sul, onde a segregação racial era institucionalizada pelos estados.Os outros premiados pelo júri popular no Festival de Toronto foram “Free solo” de E. Chai Vasarhelyi & Jimmy Chin, como Melhor Documentário; e “The man who feels no pain”, de Vasam Bala, na categoria Seção da Meia-noite. LEIA AINDA: Michael Moore é ovacionado na primeira noite do Festival de TorontoEm sua 43ª edição, o Tiff exibiu 345 filmes e se firma ao lado de Cannes, Veneza e Berlim como um dos festivais mais importantes do mundo. Na cerimônia de premiação foram ressaltados os esforços para aumentar a participação feminina na indústria do cinema. Dos 345 filmes deste ano, 35% foram dirigidos por mulheres. Em 2013, eles eram 22%.
Leia a notícia completa em O Globo ‘Green book’ vence prêmio principal do Festival de Toronto

O que você pensa sobre isso?