Foto rara de Van Gogh adolescente não era de Vincent


AMSTERDÃ — Vincent van Gogh gostava de pintar autorretrato, mas ele era muito mais febril sobre sua imagem na vida real. Durante anos, apenas duas fotografias de seu rosto eram conhecidas. Agora, restou apenas uma. Um retrato que acredita-se ser de um Vincent adolescente na verdade não é dele, mas sim de seu irmão Theo. A revelação foi feita por pesquisadores do Museu Van Gogh, em Amsterdã, na quinta-feira.A fotografia, tirada em um estúdio em Bruxelas na década de 1870, seria uma imagem do artista aos 13 anos e foi exibida dessa forma desde que um historiador belga a publicou pela primeira vez em 1957. Mas uma investigação recente do museu, que possui a fotografia, e de um cientista forense da Universidade de Amsterdã descobriu que o rapaz da foto não poderia ter sido Vincent.— Esse era o retrato arquetípico do artista quando menino e tem sido usado em todo o mundo para representar a juventude de Vincent — disse Teio Meedendorp, pesquisador sênior do Museu Van Gogh. — Será difícil apagá-la do sistema, e até por isso trouxemos essa notícia a público, porque a foto provavelmente continuará aparecendo como a imagem de Vincent por algum tempo.Agora, o único retrato fotográfico restante que os especialistas acreditam ser do artista é umfoto feita aos 19 anos em um estúdio em Haia. Pesquisadores do museu também acreditam que Vincent van Gogh pode aparecer numa terceira fotografia — uma imagem borrada de Émile Bernard, grande amigo do pintor, sentado à mesa. Acredita-se que a figura em frente a ele seja van Gogh, mas a foto o mostra apenas por trás.Todas as outras imagens conhecidas de van Gogh são pinturas, incluindo cerca de 30 autorretratos, e alguns retratos dele de outros artistas, incluindo Paul Gauguin. Algumas fotos supostamente de Van Gogh adulto circularam ao longo dos anos, mas os especialistas desconfiam da veracidade delas.— Vincent não gostava muito de fotografia e não gostava de tirar fotos — disse Meedendorp. — Parece que ele evitou isso. Temos seis ou sete fotos de Theo de diferentes idades e sabemos de várias fotos de outros membros da família. Com Vincent há agora apenas uma.A fotografia identificada erroneamente foi exibida pela primeira vez em 1957 em uma exposição organizada pelo historiador belga de arte Mark Edo Tralbaut, que identificou a imagem como Vincent aos 13 anos. Por mais de meio século, a informação foi inquestionável.Mas em 2014, um programa holandês de televisão usou técnicas experimentais de imagem para transformar o rapaz da foto no Vincent de 19 anos. O esforço não foi bem sucedido, sugerindo que talvez eles não fossem a mesma pessoa.Os pesquisadores do museu decidiram explorar a história e descobriram que a imagem foi feita por um fotógrafo chamado B. Schwarz, que se mudou para Bruxelas e montou um estúdio lá em 1870. Nesse ponto, Vincent já tinha 17 anos e morava em Haia. Era improvável, portanto, que a foto fosse de Vincent aos 13.No entanto, os pesquisadores sabiam que seu irmão mais novo, Theo, mudou-se para Bruxelas em 1873, aos 15 anos, para começar a trabalhar n a filial belga do galerista internacional Goupil & Cie. O museu agora acha que o retrato de Theo provavelmente foi dado como presente de aniversário ao pai deles em 1873. Os irmãos eram parecidos, mas Theo era mais esguio, tinha feições mais delicadas e olhos azul-claros — outras evidências sugerindo que a foto era dele, e não de Vincent. A foto é muito semelhante a outra de Theo dois anos antes, em Amsterdã.O Museu Van Gogh mantém a fotografia original guardada, pois ela é frágil e sensível à luz, mas exibe uma cópia em suas galerias, numa seção dedicada à biografia de van Gogh. Meedendorp disse que o museu agora vai transferir a foto e identificá-la como Theo.— Perdemos uma imagem de Vincent, mas ganhamos uma imagem de Theo, então você pode ver isso em um certo tipo de luz positiva — disse Meedendorp.
Leia a notícia completa em O Globo Foto rara de Van Gogh adolescente não era de Vincent

O que você pensa sobre isso?