Explosões atingem região próxima à base aérea na Síria

France Syria-GU43NTKRP.1.jpgDAMASCO — A mídia estatal síria e um grupo de monitoramento de direitos humanos relataram explosões perto de uma base aérea na província central de Hama, na Síria, nesta sexta-feira. A TV estatal e o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, sediado na Grã-Bretanha, no entanto, não deram motivos para as explosões.

LEIA MAIS: OPAQ confirma uso de cloro em ataque na Síria em fevereiro

Israel usou 28 aviões e disparou 70 mísseis contra posições iranianas na Síria

Inspetores voltam após investigarem suposto ataque químico em Douma

Artigo: Devemos ser céticos com países que dizem saber tudo sobre a Síria

O Observatório afirmou que a base aérea é onde aviões de guerra do governo decolam para realizar ataques aéreos no centro e norte da Síria. A organização afirmou que a explosão ocorreu dentro da base, acrescentando que não ficou claro se a detonação foi resultado de um algo ocorrido dentro de um depósito de armas.

No final de abril, um ataque com mísseis contra postos avançados do governo no norte da Síria matou mais de uma dúzia de combatentes pró-governo, muitos deles iranianos. Os conflitos ocorreram em meio a crescentes tensões entre os inimigos regionais Israel e Irã.

Na madrugada do dia 10 de maio, o Exército israelense utilizou 28 aviões e disparou 70 mísseis contra as infraestruturas iranianas na Síria. De acordo com o Ministério da Defesa da Rússia, metade do projéteis foi destruída pelo sistema de defesa antiaéreo sírio.

Os ataques noturnos da aviação israelense mataram pelo menos 23 combatentes — cinco soldados sírios e 18 membros das forças aliadas ao regime — informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos. Entre os militares sírios mortos está um oficial. Além de sírios, há estrangeiros entre os mortos, de acordo com a ONG.


Leia a notícia completa em O Globo Explosões atingem região próxima à base aérea na Síria

O que você pensa sobre isso?