Domingo, Alberto Valentim defende invencibilidade contra o Grêmio


Em seu segundo trabalho no futebol do Rio (ambos neste ano), Alberto Valentim já mostrou conhecer muito bem os principais adversários regionais. Vide o título estadual, com o Botafogo. O técnico, no entanto, no Brasileiro, ainda busca a primeira vitória fora do Rio. E, domingo, em Porto Alegre, o comandante vascaíno enfrentará um rival contra o qual tem bom retrospecto, o Grêmio.

No Brasileiro, o treinador já enfrentou o time gaúcho três vezes, com duas vitórias e um empate. Há quatro anos, dirigindo o Palmeiras, houve empate em 1 a 1. Em 2017, novamente comandando o time alviverde, veio a vitória por 3 a 1, fora de casa. Já no dia 28 de abril deste ano, no Nilton Santos, Valentim saboreou o triunfo do Botafogo por 2 a 1.

Caso se mantenha invicto contra o Tricolor gaúcho, o técnico vai melhorar seu aproveitamento dirigindo o Vasco. Especialmente se conquistar a vitória. Até porque, hoje, sua média é de apenas 1,08 ponto por jogo (são três vitórias, cinco empates e cinco derrotas). A critério de comparação, nas 12 partidas em que comandou o Botafogo nesta mesma edição do torneio, Valentim tinha média de 1,42 ponto por confronto (quatro vitórias, três empates e cinco tropeços). vasco-06-11

Por ora, o aproveitamento atual do técnico é o seu pior de quatro trabalhos no Campeonato Brasileiro. No Palmeiras, ano passado e em 2014, sua média foi, respectivamente, de 1,73 e 1,67 ponto por jogo.

Agora, se Valentim levar o Vasco à vitória fora do Rio que não vem desde 26 de novembro de 2017 — contra o Cruzeiro —, não só sua média vai melhorar, como o Vasco vai dar mais uma respirada na luta contra a degola.


Leia a notícia completa em O Globo Domingo, Alberto Valentim defende invencibilidade contra o Grêmio

O que você pensa sobre isso?