Derrotado nas urnas, Alckmin vai dar aulas em universidade em São Paulo


SÃO PAULO — O ex-governador de São Paulo e candidato derrotado à Presidência Geraldo Alckmin (PSDB) voltará a dar aula a partir de 2019. Ele fechou contrato com a Universidade Nove de Julho (Uninove) para lecionar disciplinas como gestão pública e saúde pública.

A contratação foi confirmada ao GLOBO pela universidade nesta terça-feira. Em nota, a instituição disse que o tucano “irá lecionar nos cursos que tenham disciplinas identificadas com seu notório saber e especialização”. alckmin

Não é a primeira vez que o tucano volta à sala de aula como professor após uma derrota eleitoral. Em 2008, quando perdeu a disputa para a prefeiura de São Paulo, Alckmin deu aulas como palestrante em faculdades e também atuou como acupunturista. O tucano tem formação como médico anestesista.

O ex-governador foi procurado pela reportagem, mas não se manifestou. Alckmin teve 5% dos votos no primeiro turno da eleição presidencial. Sem cargo público, sua ocupação tem sido presidir o PSDB nacional desde então.

O ex-governador tem evitado falar sobre o futuro profissional e político dele. De amigos mais próximos, ele ouviu recomendações de que deveria aceitar fazer palestras e dar aulas para manter-se financeiramente. O tucano também se movimenta para integrar um grupo de políticos independentes que se consolide como uma força de centro no governo de Jair Bolsonaro (PSL).

Na semana passada, o ex-governador e o governador eleito João Doria entraram num entendimento sobre o mandato da atual direção nacional do PSDB. Havia pressão de aliados de Doria para que Alckmin abreviasse seu mandato como presidente do partido após a derrota eleitoral, mas os dois acordaram que o mandato está mantido até maio de 2019. Só depois disso, uma nova direção partidária será eleita.


Leia a notícia completa em O Globo Derrotado nas urnas, Alckmin vai dar aulas em universidade em São Paulo

O que você pensa sobre isso?