Defesa falha, e Vasco é presa fácil para o Internacional

A série de desfalques defensivos fez o Vasco ser presa fácil ao visitar o Internacional, nesta quarta-feira, no Beira-Rio, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Sem contar com Ricardo Graça (suspenso), Paulão (emprestado pelo Inter), Breno e Werley (machucados), o técnico Jorginho tinha apenas o contestado Erazo e o jovem Miranda como opções diante de um Internacional que contava com o poderio ofensivo do trio William Pottker, Lucca e Nico López.LEIA MAIS: Fluminense perde a quarta seguida no Brasileiro: Santos 1 a 0Vitória deixa Botafogo tranquilo na pausa para Copa- Mais uma vez a gente oscilou, não é a primeira vez que isso acontece. Em alguns jogos durante a competição, a gente faz um tempo muito bom e o outro não. Desta vez fizemos um primeiro tempo de esquecer e recuperamos no segundo, tivemos chance de empatar. Temos essa parada para melhorar no quesito de bola parada. Às vezes chegamos na frente para fazer o gol, mas deixamos a desejar lá atrás – lamentou Pikachu.Foi López quem abriu o placar logo aos 10 minutos. Inteligente, Patrick venceu três vascaínos na velocidade e serviu o camisa 7, que finalizou seco para superar Fernando Miguel. O segundo gol veio no último lance do segundo tempo. Após escanteio, Leandro Damião desviou de cabeça e Patrick, sozinho no meio da área, finalizou com o pé esquerdo.O Vasco chegou a ensaiar uma reação no segundo tempo, quando Andrey aproveitou falha de Marcelo Lomba para marcar seu terceiro gol de fora da área em quatro partidas. Mas a esperança durou pouco: em novo escanteio, o zagueiro Victor Cuesta não precisou nem pular para, de cabeça, dar números finais ao jogo.
Leia a notícia completa em O Globo Defesa falha, e Vasco é presa fácil para o Internacional

O que você pensa sobre isso?