Contador presta depoimento em processo do sítio de Atibaia

Sítio lula.jpgSÃO PAULO — O contador João Muniz Leite, que fazia as declarações de Imposto de Renda do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, prestou depoimento nesta terça-feira no processo que envolve o sítio de Atibaia e que foi retomado pelo juiz Sergio Moro. Ele falou na condição de testemunha de defesa de Fernando Bittar, um dos sócios do sítio.

Leite fazia também as declarações de renda de Fernando Bittar, um dos sócios do sítio. No depoimento, afirmou que o sindicalista Jacó Bittar fez sucessivos empréstimos ao filho entre 2008 e 2011, ano em que a situação foi regularizada por uma doação.

Lula

Segundo Leite, Jacó Bittar recebia em torno de R$ 300 mil por ano e, entre 2008 e 2011, fez empréstimos a Fernando em torno de R$ 150 mil por ano. Segundo ele, havia recursos para os empréstimos e doação, porque o sindicalista havia recebido indenização de R$ 700 mil.

Leite trabalhou tambémpara o advogado Roberto Teixeira, amigo de Lula e que conhecia a família Bittar. O documento da compra do sítio de Atibaia foi assinado no escritório de Teixeira.

Amigos de Fernando Bittar também prestaram depoimento e disseram que ele havia deixado de ir ao sítio porque o filho se tornou adolescente e queria ficar na capital paulista nos fins de semana.

O juiz Sergio Moro não fez perguntas a Leite. Mas perguntou aos amigos de Fernando Bittar, que costumavam frequentar o sítio, se ele havia pedido a eles dinheiro para custear as reformas. Todos negaram.

As reformas do sítio, segundo denúncia da força-tarefa da Lava-Jato, foram feitas pelas construtoras Odebrecht e OAS, além do pecuarista José Carlos Bumlai, amigo de Lula. Segundo o empresário Emílio Odebrecht e Alexandrino Alencar, funcionário do Grupo Odebrecht, o pedido para que a empreiteira fizesse a reforma partiu da ex-primeira dama Marisa Letícia, já falecida.

A defesa de Lula afirma que ele usava o sítio, porque era amigo de longa data da família Bittar. As reformas custaram cerca de R$ 1 milhão e a força-tarefa da Lava-Jato afirma que o dinheiro saiu de propinas geradas em contratos das empreiteiras com a Petrobras.


Leia a notícia completa em O Globo Contador presta depoimento em processo do sítio de Atibaia

O que você pensa sobre isso?