Com exportações e mercado interno aquecidos, produção de veículos cresce 20,7% até abril

SÃO PAULO. A produção nacional de veículos (incluindo automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus) voltou a crescer em abril, completando 18 meses seguidos de alta em relação ao mesmo mês do ano anterior. De acordo com dados divulgados pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) nesta segunda-feira, no mês passado foram produzidas 266,1 mil unidades, número 40,4% maior que as 189,5 mil de abril de 2017. Em relação a março, contudo, houve leve recuo, de 0,5% ante as 267,5 mil daquele mês.

Nos primeiros quatro meses do ano, a produção da indústria automobilística somou 965,9 mil unidades, aumento de 20,7% frente as 800,2 mil do ano passado.

As exportações continuam dando importante impulso à produção: os embarques somaram 73,2 mil unidades no mês passado, 19,5% a mais que as 61,2 mil de igual período do ano passado, 8,4% maiores ante as 67,5 mil que as março. Desde o início do ano, a exportações ostentam crescimento de 7,5%, com 253,4 mil unidades vendidas ao exterior.

O mercado interno também mantém-se aquecido, com 217,3 mil unidades licenciadas em abril, uma elevação de 38,5% ante as 156,9 mil em abril de 2017. De janeiro a abril, a venda de 762,9 mil unidades representaram expansão de 21,3% – no ano passado foram comercializadas 628,9 mil unidades no período.

— Os resultados comprovam que a indústria automobilística segue acelerando o ritmo, com desempenho melhor a cada mês. Isso é consequência de um cenário macroeconômico favorável, que eleva a confiança de consumidores e investidores. Alguns fatos confirmam esta aceleração, como o aumento do nível de emprego do setor e as vendas do segmento de caminhões, diretamente ligadas à atividade econômica do país — diz Antonio Megale, presidente da Anfavea.

Caminhões e ônibus

No segmento de caminhões, 6,2 mil unidades foram comercializadas em abril, 3,9% mais que as 5,9 mil de março e 77,7% maiores em relação as 3,5 mil do mesmo período do ano passado. No quadrimestre, as vendas avançaram 57,6%, com 20,7 mil caminhões este ano, contra 13,1 mil em 2017.

As vendas de ônibus cresceram 17,7% em abril – foram 926 unidades no mês e 787 em abril de 2017. Já no comparativo com as mil unidades de março, o resultado foi menor em 10,9%. No acumulado, 3,7 mil unidades foram comercializadas, aumento de 43% no comparativo com as 2,6 mil do ano passado.


Leia a notícia completa em O Globo Com exportações e mercado interno aquecidos, produção de veículos cresce 20,7% até abril

O que você pensa sobre isso?