Canal de streaming da Disney vai se chamar 'Disney+'


NOVA YORK — Após meses de expectativa, a Disney anunciou nesta quinta-feira mais detalhes sobre o seu serviço de streaming, além de um nome: o serviço se chamará “Disney+”. Segundo Robert Iger, CEO da empresa, o rival da Netflix será lançado no final de 2019.

O “Disney+” contará com produções audiovisuais das principais marcas pertencentes ao grupo americano, com títulos da Disney, Pixar, Marvel e Star Wars. Além disso, terá também em sua lista programas do National Geographic, após a aquisição da 21st Century Fox pela Disney ser consolidada.

linksEmbora o nome pareça uma escolha previsível, sua escolha foi feita pensando em estratégias de conteúdo, já que a Disney é uma marca global. É uma forma de dar credibilidade ao novo serviço de entretenimento e fazer com que consumidores queiram investir nele mensalmente, como afirma a “Vulture”.

Durante o anúncio feito por Iger, o executivo antecipou uma série prequel do filme “Rogue one: uma história Star Wars”, que será conteúdo exclusivo na futura plataforma de streaming. A série mostrará as aventuras do espião rebelde Cassian Andor, interpretado por Diego Luna.

Com isso, essa será a segunda produção audiovisual baseada no universo de Star Wars criada especialmente para o serviço.

Anteriormente, havia sido anunciado que o diretor Jon Favreau estaria à frente de “The mandalorian”, série live-action envolvendo os personagens Jango e Boba Fett, segundo o site “Deadline”, de Hollywood. As séries começarão a ser produzidas pela Lucasfilm, no próximo ano.


Leia a notícia completa em O Globo Canal de streaming da Disney vai se chamar ‘Disney+’

O que você pensa sobre isso?