Bebê abandonada em lixeira de terminal de Londrina recebe alta e vai para família acolhedora, diz Saúde


Menina encontrada em 3 de agosto deixou a Maternidade Municipal nesta quinta-feira (23). Mãe foi identificada e disse que não sabia que estava grávida e que achou que criança estava morta. Bebê recém-nascida foi encontrada em lixeira de terminal e recebeu atendimento do Siate
Reprodução/RPC
A bebê encontrada dentro de uma lixeira em um banheiro do terminal de ônibus central de Londrina, no norte do Paraná, recebeu alta nesta quinta-feira (23) e foi encaminhada para uma família acolhedora com a saúde estável, segundo a Secretaria Municipal de Saúde.
A menina foi encontrada por uma funcionária do terminal durante uma limpeza de rotina, na tarde de 3 de agosto, e encaminhada para a Maternidade Municipal. Exames mostraram que a gestação era de aproximadamente 38 semanas, e que a criança tinha 1,8 kg.
A mãe já foi identificada pelo Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria). Ela disse à polícia que não sabia que estava grávida e quando teve a criança no banheiro do terminal achou que a bebê estivesse morta, por isso a deixou na lixeira.
O nome da mulher não foi relevado pela polícia, que só informou que ela tem entre 18 e 25 anos, é divorciada, tem outros filhos e a renda é bem baixa. A suspeita pode ser indiciada pelo crime de abandono de incapaz, no entanto as investigações ainda continuam.
A mulher fez exame para confronto genético no Instituto Médico-Legal (IML), que deve apontar que ela é a genitora da criança.
A Polícia Civil afirmou que vai investigar se o estupro realmente ocorreu, pois não há registros, e também se ela não sabia que estava grávida.
Menina foi encontrada dentro de lixo em banheiro do terminal central de Londrina
Marcelo Oliveira/Arquivo pessoal
Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.
Leia a notícia completa em G1 Bebê abandonada em lixeira de terminal de Londrina recebe alta e vai para família acolhedora, diz Saúde

O que você pensa sobre isso?