Apenas 8% dos jovens de até 14 anos estão imunizados contra o HPV no Pará


Baixa procura preocupa a Sespa, que alerta para a importância de prevenir diversos tipos de câncer por meio da vacina. No Pará, ainda é muito baixa a procura nos postos de saúde pela vacina HPV para meninos e meninas de até 14 anos. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde do Pará (Sespa), até agora só 8% das meninas já receberam a vacina.
A vacina protege contra o papilomavírus humano que causa vários tipos de câncer. O Ministério da Saúde alerta que a cobertura contra o HPV só está completa com as duas doses. O intervalo entre a primeira e a segunda dose da vacina é de seis meses.
Procura por vacinade HPV é baixa no Pará
HPV
No Brasil, 4,9 milhões de meninas procuraram as unidades do Sistema Único de Saúde (SUS) para completar o esquema com a segunda dose, totalizando 48,7% na faixa etária de 9 a 14 anos. Já com a primeira dose, foram vacinadas 8 milhões de meninas nesta mesma faixa, o que corresponde a 79,2%. Entre os meninos, 1,6 milhões foram vacinados com a primeira dose, o que representa 43,8% do público alvo.
O Brasil é o primeiro país da América do Sul e o sétimo do mundo a oferecer a vacina HPV para meninos em programas nacionais de imunizações. A vacina contra o HPV previne contra diversos tipos de cânceres. No Brasil, são estimados 16 mil casos de câncer de colo do útero por ano e 5 mil óbitos de mulheres devido à doença. Mais de 90% dos casos de câncer anal e 63% dos cânceres de pênis são atribuíveis à infecção pelo HPV, principalmente pelo subtipo 16.
Leia a notícia completa em G1 Apenas 8% dos jovens de até 14 anos estão imunizados contra o HPV no Pará

O que você pensa sobre isso?