Ao lado de Meirelles, Temer defende reformas do governo

INFOCHPDPICT000076599246SÃO PAULO – Em meio à expectativa do anúncio sobre quem deve apoiar nas eleições de outubro, o presidente Michel Temer esteve ao lado do ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles, pré-candidato à presidência pelo MDB, nesta segunda-feira, em São Paulo, na abertura da Apas Show, feira de negócios da Associação Paulista de Supermercado. Diante de uma plateia de empresários, os dois, em um discurso alinhado, defenderam o legado das reformas do governo Temer para o crescimento da economia do país e a necessidade de continuar neste rumo.

O presidente, em entrevista, exibida na noite de domingo, ao programa “Poder em Foco”, do SBT, admitiu que pode abrir mão de sua candidatura para apoiar um nome de centro.

— O Meirelles disse que fizemos no nosso governo em dois anos o que se aguardava para oito anos. Mas, deixando a modéstia de lado, fizemos em dois anos o que se esperava há 20 anos — disse o presidente.

Em outro trecho do discurso, Temer voltou a citar Meirelles, que, durante sua fala, afirmou o governo teve “atitude de coragem e responsabilidade a promover medidas duras estabelecer o teto de gastos” para permitir a retomada da economia.

— O Brasil com todas as dificuldades retomou o caminho do crescimento responsável, que se sustenta no tempo. Como disse o Meirelles, nós não produzimos medidas populistas, nós produzimos medidas responsáveis.

O presidente ainda comparou a situação da economia brasileira com a Argentina, que enfrenta 25% de inflação e 40% de taxa de juros, e disse que o “Brasil tem de orgulhar-se do que está acontecendo no país.”

O ex-ministro da Fazenda afirmou que a população começa a sentir os resultados da medida do governo Temer e reconhecerão a necessidade da continuidade.

— É inevitável que as pessoas comecem a reconhecer (a melhora da economia) e comecem a ver que o Brasil tem que continuar nessa direção. Brasil não pode voltar atrás, não pode voltar ao populismo, não pode voltar à inflação alta e a taxa de juro elevada — disse o pré-candidato do MDB.


Leia a notícia completa em O Globo Ao lado de Meirelles, Temer defende reformas do governo

O que você pensa sobre isso?