Adolescente suspeito de esfaquear motorista de aplicativo é ouvido e liberado, em Goiânia


Segundo delegado, passageiro alega que estava se defendendo de tentativa de abuso sexual do condutor. Adolescente de 17 anos é ouvido e liberado suspeito de ato infracional análogo a tentativa de latrocínio
Divulgação/Polícia Civil
Um adolescente de 17 anos foi ouvido e liberado, nesta segunda-feira (24), em Goiânia, suspeito de ato infracional análogo a uma tentativa de latrocínio contra um motorista de aplicativo. Segundo a corporação, o crime ocorreu em agosto deste ano no setor Vila Morais e o motorista foi ferido com cinco facadas, uma delas tendo atingido o pescoço dele.
Após investigações e monitoramento da região, policiais civis encontraram o menor que, acompanhado de um primo, foi até a 19ª Delegacia Distrital de Polícia, confessou ser o autor das facadas, mas apresentou a sua versão, de que feriu o homem em legítima defesa.
“Ele apresentou uma versão de que o motorista tentou persuadi-lo a ter relações sexuais oferecendo dinheiro, desviando a rota pouco antes de chegar ao local de destino. Nisso, ele teria achado uma faca sob o banco do passageiro e esfaqueado a vítima”, explicou o delegado Elton Diogo Fonseca.
Ainda conforme o investigador, na versão do motorista, o adolescente anunciou o assalto assim que chegaram ao destino e a corrida foi encerrada e, diante da negativa da vítima em entregar os pertences, o menor esfaqueou a vítima e depois saiu correndo do carro.
“Como envolve um menor, vamos passar essa investigação para a Delegacia de Apuração de Atos Infracionais, que ira verificar as duas versões apresentadas pelos envolvidos”, concluiu.
Veja outras notícias da região no G1 Goiás.
Leia a notícia completa em G1 Adolescente suspeito de esfaquear motorista de aplicativo é ouvido e liberado, em Goiânia

O que você pensa sobre isso?