Abel e Scarpa mostram alívio após Fluminense superar 'fantasma' da LDU

71790550_Brazil%27s Fluminense Gustavo Scarpa L vies for the ball with Ecuador%27s Liga de Quito Jef.jpg

A reação do Fluminense foi de alívio depois de eliminar a LDU da Copa Sul-Americana. Apesar da derrota por 2 a 1 em Quito, o time carioca se classificou às quartas de final graças ao critério do gol fora de casa. O meia Gustavo Scarpa afirmou, na saída de campo, que o elenco tricolor estava ciente da responsabilidade de “vingar” as derrotas para a LDU nas finais da Libertadores-2008 e da Sul-Americana-2009.

– É um grupo jovem e com uma responsabilidade tão grande de “vingar” as derrotas para a LDU. Ficamos felizes porque as dificuldades é que nos fazem crescer – disse Scarpa.

LEIA TAMBÉM: Fluminense marca no fim e evita novo pesadelo com a LDU

O técnico Abel Braga mal conseguia esconder a emoção durante a entrevista coletiva após a partida. Abel também admitiu que o duelo contra a LDU tinha um gosto especial.

– Tudo isso simboliza a luta, a dedicação e o comportamento desse grupo. Entraram para a História. Estou muito, muito, muito feliz com eles, porque (a LDU) estava atravessada. Essa foi uma classificação que vai dar uma moral muito grande para essa equipe.

O treinador destacou que o time não desistiu de buscar o resultado que seria suficiente para a classificação, mesmo após estar perdendo por 2 a 0 no segundo tempo. Como havia vencido o jogo de ida por 1 a 0 no Maracanã, o gol de Pedro no fim da partida em Quito, que deixou o placar em 2 a 1, trouxe a vaga nas quartas de final, etapa em que o Fluminense vai encarar o Flamengo.

– Falei para o Scarpa e para o Wendel: ‘Precisamos de um gol’. Então continuamos jogando, não abdicamos de jogar. Eles mudaram, botaram um volante mais de contenção, e acho que aquilo que vinha acontecendo conosco, hoje foi o contrário. Aquilo de tomar muito gol no fim do jogo, hoje foi a nossa vez.

Scarpa lembrou que teve chance de marcar em uma cobrança de falta que marcou muito perto do gol defendido por Nazareno. O meia tricolor ainda sofreu um pênalti, ignorado pela arbitragem, quando a partida estava 0 a 0.

– Eu espero muito de mim, sei o quanto posso render. Acredito que fiz um bom jogo, poderia ter marcado um gol de falta. Eles tiveram boas oportunidades, mas também tivemos bola na trave, alguns chutes bons de fora da área. A classificação foi merecida – frisou Scarpa.

Fonte: O Globo Abel e Scarpa mostram alívio após Fluminense superar 'fantasma' da LDU

O que você pensa sobre isso?